sábado, 29 de novembro de 2008

Asas... Neyde De Lara




Asas

Existe uma borboleta branca
Que me circunda.
Parece me conhecer e eu á ela.
Observo, ora pousada em belas flores,
Ora, com asas tremulas,
Em mágico balé. Em um voo frenético.
Some, vai livre no espaço.
Desaparece no horizonte.
Fico a esperar sua volta,
Nosso encontro, a cada dia
Com alegria,
Vem me saudar,
Quer me conduzir a lugares distantes
Alem das montanhas verdejantes,
Juntas voaremos.
Chama-me a ir com ela,
Para longe
Para onde
Para alem.....
Com leveza, com beleza
À liberdade.

Neyde Lara 29/11/08

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Viagem... Neyde De lara


Viagem

Aqui estou eu, pronta para embarcar.
Ponto certo das mais intensas emoções;
O sorriso alegre, a lagrima que corre,
O abraço forte a expressaõ da dor,
O naõ querer se apartar.
Momento aguardado, angustiado,
A despedida. O adeus, para breve,
Para sempre?....
Como espectadora de um filme
Que passa ante meus olhos, penso
No amor, no carinho, na felicidade,
Nos encontros e desencontos.
Sorrio, me alegro,nublam-se meus olhos.
Lá de cima, sobre os algodões brancos,
Nuvens macias despertam os mais diversos sentimentos.
Na imensidão azul, parece taõ próximo atingir o céu, o
O infinito.
Sonho. O pássaro voador alça voo,
Cruza os ares, sobre os mares,sobre tudo,
Sobre todos.
A deslumbrante nuance de cores,
Naquele esplendor da natureza,
Inunda minha alma de jú bilo e beleza.
Desperto de algo indiscritivel.
No aeroporto, revejo cenas já vividas
Os abraços, os sorrisos, a euforia da chegada.
O encontro, a saudade sentida
O beijo, a lágrima,
A partida.


Neyde Lara 20/11/08