segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Dois Amores...



Dois amores



Vieram de um planeta mágico?

Pertencer ao nosso mundo

Tornar pleno nosso viver

Ensolarando nossos dias

Com a mais alegre das alegrias.

Cabelos dourados

Olhar meigo, esverdeados

Talvez, sejam assim

Os Anjos emoldurados.

E os olhos negros

De vivacidade sem igual

Riso fácil contagiante

Mesmo distante

Estamos perto.

Presença querida,

Meus Dois Amores

De dois sabores.

Deles eu quero

O abraço envolvente

O beijo que espero

A ternura infinita

São belos e fortes

Que a vida lhes sorria

Abençoados sejam de toda sorte...







Neyde De Lara 31/08/09

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Da minha janela




Da minha janela



Nuvens densas escondem o sol
E o céu limpido, sereno emuito azul.
O cinza nos envolve, entristece.
Melancolicamente, olho ao redor.
Meus olhos nublam-se, negando com
Pesar a olhar.

A natureza chora
As aves se escondem.
Com triteza a chuva fina cái,
Molhando o chão,
Umedecendo a alma e ocoração.
Espero o sol
Espero a luz
O resplendor da cor,
O pássaros voltar
A cantar,
A flor se abrir, colorir
E, eu a sorrir, feliz, a sonhar
Com a primavera despontar
E nossa vida encantar.


Julho/2009

Neyde lara