quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Natal Neyde De Lara





Natal

Eis que chega!
Tão aguardado, sempre esperado.
Não tem neve, não tem cor,
Não tem luz.
Nem pão.

Olhares tristonhos, às vezes molhados.
Vivendo de sonhos.
Quimeras, tudo em vão.
Desce a noite límpida e serena
Não distante,
contrastante.

Olhar vibrante, translúcido.
E radiante, são lúzes, muitas luzes.
E cores, e sons musicais.
É só alegria, risos, contentamento.
E emoção.

E a mesma noite.
Noite de paz, noite de amor.
Tudo se renova
Tudo permanece
Nos corações

É Natal Noite Feliz!

Neyde De Lara
16\12\09